Câmara de Búzios aprova a criação dos Conselhos Municipais das Unidades de Conservação Terrestres e Marinhas

por Alessandra Amantea publicado 05/07/2022 11h50, última modificação 05/07/2022 14h34
Câmara de Búzios aprova a criação dos Conselhos Municipais das Unidades de Conservação Terrestres e Marinhas

Sessão Ordinária 5jul22

A Câmara Municipal de Búzios aprovou nesta terça-feira(05) o Projeto de Lei 48/2022 , que cria o Conselho Municipal das Unidades de Conservação Terrestres e o Conselho Municipal das Unidades de Conservação Marinhas de Búzios, órgãos colegiados de natureza consultiva.

A proposta de iniciativa do Poder Executivo segue para sanção e publicação. A matéria trata da composição e atribuições dos referidos conselhos.

De acordo com o texto, cada um dos conselhos será constituído de 10 membros titulares e seus respectivos suplentes, sendo metade representantes de órgãos públicos e metade da sociedade civil organizada, que possuam atuação direta ou indireta na unidade de conservação ou em sua zona de amortecimento. 

O mandato dos conselheiros será de 2 anos, renovável por igual período, não remunerado e considerado de relevante interesse público. Os conselhos de unidades de conservação já existentes na data de publicação desta lei ficam extintos e suas atribuições ficam incorporadas a um dos novos conselhos instituídos.

O projeto também prevê a criação de 2 cargos de chefe de unidade de conservação na estrutura administrativa municipal (Lei Municipal 1.619, de 28 de janeiro de 2021), com vinculação à Secretaria Municipal do Ambiente, Pesca e Urbanismo, sendo provido por cargo em comissão ou função gratificada. As despesas decorrentes da aplicação desta lei correrão à conta da dotação orçamentária própria.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.