Café Com Cultura Promove Bate-Papo com Coordenadoras do CircoLo Social

por Alessandra Amantea publicado 13/09/2019 14h56, última modificação 13/09/2019 14h56
Evento acontece mensalmente no plenário.

A Câmara Municipal de Búzios realizou o 3º Café com Cultura nessa quarta-feira (11) no plenário. “Esse café é para falarmos do que está acontecendo na cidade, os trabalhos que estão sendo realizados na área cultural e as políticas públicas.”, explicou o presidente da Comissão de Cultura Niltinho de Beloca.

A 3ª edição do café contou com a participação da Conceição Ferreira e da Marina Codeço, diretora administrativa e coordenadora, responsável pela parte pedagógica do CircoLo Social, respectivamente. Do Legislativo, estiveram presentes os vereadores Niltinho e Gladys Nunes.

Na roda de conversas foi enfatizado o papel social das oficinas de arte circense da Associação Bem-querer. Segundo Conceição, o principal objetivo do projeto não é formar artistas, mas formar cidadãos. “O que a gente faz é usar o circo como ferramenta de auxílio na construção de caráter, de inserção social e para aumentar a autoestima.”, acrescentou Marina.

O Projeto CircoLo Social existe há aproximadamente 17 anos, e atende atualmente cerca de 375 alunos, divididos no polo centro, e este ano, também no polo Rasa.

Outros temas tratados foram a necessidade de uma secretaria específica de Cultura no município, a importância da integração dos eventos e artistas da cidade, a necessidade de divulgação dos eventos culturais nas pousadas e hotéis e de que haja um produtor cultural na secretaria municipal para orientar os artistas sobre editais de cultura. “Nós precisamos do produtor cultural profissional para dar suporte e orientar sobre as documentações necessárias para participar de editais.”, apontou Conceição.

O vereador Niltinho também lembrou o Projeto de lei “Prata da Casa”, de sua autoria, que visa obrigar que eventos musicais, realizados com recursos públicos do município de Búzios sejam abertos por grupos, bandas, cantores ou instrumentistas locais. A proposta está sendo analisada na CCJ (PL 66/2019).

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.